Esporte / Pará

NOVO ELENCO

Clube do Remo tem turma jovem para encarar campo pesado

Quinta-Feira, 03/01/2019, 07:55:57 - Atualizado em 03/01/2019, 07:55:57 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Clube do Remo tem turma jovem para encarar campo pesado (Foto: Maycon Nunes)
Mimica acredita que média de idade mais baixa do elenco desse ano vai facilitar desempenho nas quatro linhas (Foto: Maycon Nunes)

Remanescente da última temporada e com elogios em virtude do seu desempenho em campo, o zagueiro Mimica, cotado para reassumir a camisa 3 do Clube do Remo, além da faixa de capitão, aproveitou para analisar a nova roupagem que o elenco azulino tem apresentado, com vistas para um ano vitorioso. 

A primeira observação foi relativa à faixa-etária dos companheiros, algo que o defensor acredita ser determinante, sobretudo pelas peculiaridades do futebol local. “Formamos o grupo cedo e estamos nos apresentado bem. É um grupo muito jovem, diferente do grupo do ano passado que era um grupo mais velho já, de trinta e poucos anos. Estamos num grupo na média de 24, 25 anos, que gosta de trabalhar bastante forte, bastante físico e isso é importante na hora de jogar nos campos pesados daqui”, comparou.

O beque ainda destacou que tal fator poderá ser ainda mais decisivo em campo, mediante ao conjunto da obra: físico e técnico. Pois, com o toque do treinador João Nasser, que gosta do trabalho com atletas mais novos, os ensinamentos poderão surtir efeitos ainda mais favoráveis. “Como eu falei: jogador jovem joga mais rápido e facilita jogar em campo muito pesado, já que praticamente 90% dos jogos aqui são com chuva, campo alagado. São jogadores de explosão, de pegada e que têm a passada larga e dá qualidade pra nós”, comentou.

Aqui você vai encontrar materiais esportivos de todas as marcas. Camisas de grandes clubes nacionais e internacionais. Acesse e confira!

Meta é ter Vacaria antes da pré-temporada 

Com a primeira metade dos treinamentos em Belém a encerrar no domingo pós-amistoso com o Castanhal, a delegação do Clube do Remo irá para o município de Barcarena, local que irá acolher os treinos mais intensos sob a supervisão da comissão técnica. Os dirigentes almejam bater o martelo da contratação de Vacaria antes da viagem. 

“A ideia é que ele (Vacaria) chegue a tempo da ida. Contudo, não é uma situação que depende única e exclusivamente do clube e do atleta”, disse Yan Oliveira, em referência à liberação de documentos do antigo clube do profissional.

Embora tenha realizado apenas cinco jogos pela equipe e já pela reta final da Série C, o volante foi uma peça recomendada pelo treinador Netão, que aprovou a utilização tática do mesmo no modelo de jogo adotado pela equipe e que deverá ter a mesma sintonia para 2019.

(Matheus Miranda/Diário do Pará)





Comentários

Destaques no DOL