Esporte / Pará

CONTRATAÇÕES

Paysandu anuncia dois laterais para a temporada 2019

Sexta-Feira, 21/12/2018, 12:44:36 - Atualizado em 22/12/2018, 08:14:12 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Paysandu anuncia dois laterais para a temporada 2019 (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

A lista de contratados do Paysandu ganhou mais dois nomes, ambos jogadores de laterais. O destro Bruno Oliveira, de 25 anos, e o canhoto Bruno Collaço, de 28 anos, tiveram os seus nomes anunciados, no final da manhã, pelo site do clube, como as mais novas aquisições do Papão para a disputa da temporada 2019. Com a aquisição dos atletas sobem, agora, para seis os contratados do Paysandu, que, segundo o presidente Ricardo Gluck Paul, deverá trazer até 17 profissionais para compor o seu elenco, com vistas ao Estadual e à Copa do Brasil, primeiras competições da próxima temporada.

Além dos importados, o Papão ainda terá alguns atletas remanescentes deste ano e mais alguns jogadores que serão pinçados da base pelo técnico João Brigatti. Os laterais anunciados, assim como os demais contratados pelo Papão, assinaram contrato para toda a temporada vindoura. Formado na base do Grêmio-RS, onde permaneceu por seis anos, Collaço tem rodagem por diversos clubes brasileiros e também do exterior.

Depois de retornar do futebol francês, pelo qual disputou 45 partidas, 36 delas pela segunda divisão daquele país, Collaço defendeu o Brasil-RS na última edição da Série B do Brasileiro, mesma competição do Papão. O lateral-esquerdo, porém, não enfrentou o time bicolor, visto que Eder Sciole foi o titular tanto no jogo de ida, em Belém, como na partida de volta em Pelotas. O defensor tem em seu currículo a conquista de dois títulos da Segundona, o primeiro pelo Goiás-GO, em 2012, e o segundo pelo Joinville-SC, em 2014.

O outro lateral, o destro Bruno Oliveira, é oriundo da base do Palmeiras-SP, clube ao qual esteve ligado por oito temporadas. O atleta tem como principal característica o bom desempenho nas jogadas de bola parada, eficiência demonstrada em todas as equipes que passou. A última competição nacional disputada pelo atleta foi a Série C de 2017, quando defendeu o Bragantino. Este ano, ele esteve em duas equipes: primeiro no Mirassol-SP e, depois, no Nacional-SP. O lateral fez oito partidas pelas equipes.

As contratações do Papão deverão ter continuidade, provavelmente, no final de semana. O diretor de futebol Felipe Albuquerque, em conjunto com o presidente Gluck Paul e o técnico João Brigatti, que passa férias em Campinas, interior de São Paulo, seguem monitorando o mercado da bola. Alguns dos atletas pretendidos, segundo um informante bicolor, já estariam praticamente contratados, faltando apenas pequenos detalhes nas negociações.

E MAIS...

- Ao mesmo tempo em que anunciava a vinda dos laterais Bruno Oliveira e Bruno Collaço, o Paysandu perdia o lateral-esquerdo Guilherme Santos. O defensor, de 30 anos, como já vinha sendo cogitado há alguns dias teve o seu contrato, que iria até a metade de 2019, rescindido com o Papão para que o atleta pudesse fechar sua transferência para o Guarani-SP. A aquisição do atleta foi anunciada pelo técnico do Bugre, Osmar Loss.

Aqui você vai encontrar materiais esportivos de todas as marcas. Camisas de grandes clubes nacionais e internacionais. Acesse e confira!


Será um ano de muitos desafios

RESPONSABILIDADE

Seguindo o mesmo script dos contratados anteriormente, os laterais Bruno Oliveira e Bruno Collaço falaram ao site oficial do Paysandu, após terem suas contratações confirmadas pelo clube. Como não poderia deixar de ser, exibiram o mesmo discurso de amor e dedicação nos jogos do novo clube. “Estou muito feliz e muito honrado de estar chegando neste clube de tanta tradição e tanta camisa. Muito feliz em estar fazendo parte desse projeto para 2019”, declarou Collaço.

O lateral-esquerdo previu um ano de desafios para o Papão em 2019, mas, ao mesmo tempo, a certeza de sucesso do time. “Sabemos que será um ano muito difícil, de muitos desafios, mas tenho certeza absoluta que com o apoio de todos vocês, nós vamos forte e com tudo para levar o Paysandu onde ele merece estar, que é a elite do Campeonato Brasileiro”, disse. O defensor também procurou fazer a velha média com a torcida do clube. “Tenho certeza de que vocês (torcedores) são essenciais pra gente conquistar nossos objetivos”, afirmou.

Collaço também garantiu que não faltará determinação não só dele, mas também dos demais jogadores do time nas partidas do Papão. “Essa nação maravilhosa pode esperar muita entrega, muita raça. Com certeza não só eu mas todos os companheiros vamos fazer de tudo para honrar essa camisa”, arrematou. Mais econômico em suas manifestações, Oliveira garantiu estar contente pela vinda para a Curuzu. “Estou muito feliz, muito honrado, muito contente e com muita vontade de trabalhar, pois sei que estou chegando ao maior clube da Amazônia”, assegurou.

E MAIS...

- O torcedor do Paysandu, que vem acompanhando o anúncio das novas contratações do clube - até aqui um total de seis -, todas relacionadas a jogadores de outros centros, não deverá se surpreender com a divulgação de atletas do futebol local a partir de agora. O presidente eleito do clube, Ricardo Gluck Paul, adiantou há algum tempo que o Papão também irá às compras no mercado interno e que pelo menos de três a quatro atletas regionais serão contratados. Segundo especulações, pelo menos dois desses atletas “papa-chibé” já teriam fechado contrato com o clube. Os nomes mais badalados são o do volante Ricardo Capanema, que já defendeu a equipe por diversas temporadas, e do atacante João Leonardo, ex-Bragantino.

(Nildo Novas/Diário do Pará)





Comentários

Destaques no DOL