Esporte / Pará

FORMAÇÃO DO TIME

Paysandu faz matemática pra ter um plantel bom e barato

Segunda-Feira, 10/12/2018, 07:40:56 - Atualizado em 10/12/2018, 07:40:56 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Paysandu faz matemática pra ter um plantel bom e barato (Foto: Fernando Torres/Paysandu)
Ricardo Capanema é um dos jogadores cotados para vestir alviceleste no ano que vem (Foto: Fernando Torres/Paysandu)

O torcedor do Paysandu convive com a expectativa de conhecer, por toda esta semana, os nomes dos jogadores que estão sendo contratados pelo clube para 2019. A diretoria bicolor tem se virado nos bastidores para montar o quanto antes o elenco, que terá pouco tempo para se preparar para o Estadual, primeira competição do calendário da próxima temporada. O Papão estreia no dia 19 de janeiro, quando recebe a visita do Tapajós, na Curuzu. A curiosidade da Fiel é cada vez maior, visto que o principal rival, o Clube do Remo já vem anunciando suas novas aquisições.

A cada novo jogador contratado do outro lado da Avenida Almirante Barroso aumenta a sensação do lado bicolor de que o clube está em desvantagem em relação ao oponente. Para agravar ainda mais a situação, o tema contratação é guardado a sete chaves pelos dirigentes do Papão. O presidente Ricardo Gluck Paul se nega a revelar até mesmo o número de atletas que o clube deverá contratar. “Não dá para se falar nessa questão, neste momento. Quando os atletas estiverem contratados, todo mundo ficará sabendo quantos são e quem são”, diz.

O que se sabe com segurança é que o Papão terá um elenco de, no máximo, 25 jogadores, conforme assegura Gluck Paul. Há alguns dias, alguns nomes foram especulados, entre eles o do goleiro Emerson, que já passou pelo clube, mas ele acertou com o Londrina-PR, pelo qual disputará a temporada 2019.

EM NEGOCIAÇÃO

Mas se a volta do goleiro está fora de cogitação, o mesmo não acontece com o volante Ricardo Capanema. O atleta informou semana passada que o empresário dele recebeu uma proposta da direção bicolor e que o mesmo já vinha discutindo com os dirigentes do clube as bases financeiras do contrato. A mesma situação se aplicaria ao atacante João Leonardo, outro atleta local e que já seria um nome certo na lista de contratados.

De acordo com Gluck Paul, existe a possibilidade do Papão contratar outros atletas do futebol local. A regionalização do elenco se deve ao fato de o clube ter projetado um gasto menor com a folha salarial que, em princípio, não deve ultrapassar a casa dos R$ 300 mil, segundo o presidente eleito.

Aqui você vai encontrar materiais esportivos de todas as marcas. Camisas de grandes clubes nacionais e internacionais. Acesse e confira!

Vão cantar na freguesia do Paraná! 

Tudo indica que uma boa parte dos jogadores que foram trazidos pelo Paysandu, sob a indicação do técnico Dado Cavalcanti e do ex-executivo de futebol do clube, André Mazzuco, de péssima lembrança para a torcida bicolor, defenderá o Paraná-PR em 2019. Os atletas que ajudaram a levar o Papão para o fundo do poço da Série C do ano que vem já começaram a acertar com o clube da região Sul. O primeiro ex-bicolor a ter sua aquisição anunciada pelo time paranaense foi o zagueiro Fernando Timbó, que foi trazido para a Curuzu por Mazzuco com o “amém” do treinador.

Tanto Dado como Mazzuco estão no Paraná, supostamente com carta branca para levar jogadores, o que significa que os dois deverão promover um festival de contratações no clube. Timbó chegou a ter sua renovação de contrato cogitada, mas o novo diretor de futebol bicolor, Felipe Albuquerque, disse não após conversar com os demais dirigentes e o próprio técnico João Brigatti. O zagueiro, de 28 anos, atuou em 20 partidas com a camisa do Papão, marcando dois gols, um deles na virada em cima do Figueirense-SC, numa das poucas boas partidas do time na Série B do Brasileiro.

O atleta começou a carreira no Coritiba-PR tendo passado, ainda no futebol paranaense, pelo J. Malucelli-PR. Antes de vir para a Curuzu, esteve atuando no futebol dos Estados Unidos e do Canadá, mercado que paga bons salários, mas que não tem muita expressão no futebol. 

COGITADOS
Já se comenta a possibilidade do goleiro Renan Rocha e do meia Pedro Carmona, jogadores também indicados por Mazzuco, acertarem a qualquer momento com o clube da Gralha Azul. Os torcedores provavelmente se sentirão aliviados, caso a transferência dos atletas se confirme.

(Nildo Lima/Diário do Pará)





Comentários

Destaques no DOL