Esporte / Pará

SEM SEGREDO

Coronel Nunes 'fura' com Conmebol e vota no Marrocos

Quarta-Feira, 13/06/2018, 10:45:30 - Atualizado em 13/06/2018, 10:55:25 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Coronel Nunes 'fura' com Conmebol e vota no Marrocos (Foto: Leandro Lopes / CBF)
(Foto: Leandro Lopes / CBF)

Um acordo entre os membros da Conmebol na escolha da sede da Copa de 2026 foi quebrado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O Brasil foi o único que “furou”.

Mesmo que eles já tivessem declarado seu apoio a candidatura conjunta de Canadá, Estados Unidos e México (United 2026) para a Copa do Mundo, O PARAENSE Coronel Nunes, presidente da CBF, mudou seu voto na hora da escolha.

Rodrigo Mattos, repórter do UOL, usou seu Twitter para explicar o que ocorreu no momento da votação. Segundo o jornalista, Nunes achava que o voto seria secreto, mas foi pego de surpresa. “Coronel Nunes tinha simpatia pelo Marrocos e achava que o voto era secreto como deixou claro na zona mista. Quando soube q não era, tentou dizer q outra pessoa votou. Mas confirmei com quem estava do lado dele: foi o coronel que votou no Marrocos quebrando o acordo”, escreveu.

"Não fui eu que votei. Dei para um de nossos delegados votar. Mas eu votaria mesmo no Marrocos. Ainda não teve Copa do Mundo lá, era uma chance para eles", disse o presidente da CBF no fim. "Por que não escolher o Marrocos e dar para Estados Unidos onde já teve uma Copa e para o México que vai para a terceira?", acrescentou.

O presidente então foi questionado se não valeria ter feito um esforço na Conmebol para que mais países votassem por Marrocos. "Não tem como influenciar lá não", disse Nunes.

(Com informações do UOL)



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL