Esporte / Pará

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Camisa 10 do Paysandu já tem dono: Fábio Matos

Domingo, 14/01/2018, 09:21:18 - Atualizado em 14/01/2018, 09:26:30 Ver comentário(s) A- A+

Camisa 10 do Paysandu já tem dono: Fábio Matos (Foto: Fernando Torres/Paysandu)
Fábio Matos, meio-campista (Foto: Fernando Torres/Paysandu)

A tuar carregando nas costas o número 10 representa um peso a mais, visto que a numeração, imortalizada por ninguém menos que Pelé, o Atleta do Século, é uma espécie de sinônimo de craque. No Paysandu, nessa temporada, a honra de vestir a 10 foi dada ao meio-campista Fábio Matos, de 21 anos, um dos atletas remanescentes de 2017. 

O apoiador, que no ano passado fez 15 jogos pelo Papão, marcando 2 gols, tem a difícil missão de manter a tradição da numeração, que nem sempre é respeitada. No ano passado, por exemplo, Diogo Oliveira, que chegou à Curuzu com credencial de craque, acabou não exibindo o futebol que justificasse o 10 que carregava no uniforme e que foi eternizado pelo maior astro da história do futebol mundial. 

CAMISA 9

Mas, além da camisa 10, a de número 9 costuma ter, também, um grande peso, visto que normalmente quem joga com ela é o goleador do time. 
Este ano, o recém-contratado Moisés, vindo do Vila Nova, é quem vestirá o símbolo do matador. O jogador é um dos candidatos a substituir o goleador Bergson, que no ano passado anotou 28 gols, sendo um dos principais artilheiros do Brasil na temporada. O interessante é que “Bergol”, contrariando a tradição, não vestia a 9, que era de Anselmo e que não fez um só gol, mas sim a 39. 

CONFIRA COMO FICOU

1-Renan Rocha, 2-Maicon Silva, 3-Derlan, 4-Diego Ivo, 5-Renato Augusto, 6-Willyam, 8-Rodrigo Andrade, 9-Moisés, 10-Fábio Matos, 11-Peu, 12-Marcão, 13-Matheus Silva, 14- Nando Carandina, 15-Douglas Mendes, 16-Lucas Geovani, 17-Filigrana, 18-Mike, 20-Pedro Carmona, 22-Anderson, 25-Tiago Mandi, 26-Perema, 28-Cáceres, 29-Alan Santos, 31-Magno, 34-Gabriel, 35-Victor Lindenberg, 36-Diego, 37-Fernando Timbó, 38-Renan Gorne, 39-Cassiano, 40-Matheus Dias. 

- A camisa 7 foi imortalizada pelo clube. Por isso não entra na numeração da equipe.

(Nildo Lima/Diário do Pará)



Conteúdo Relacionado:





Comentários