Esporte / Pará

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Galo elétrico se prepara para confronto no domingo

Sexta-Feira, 21/04/2017, 09:28:35 - Atualizado em 21/04/2017, 09:28:35 Ver comentário(s) A- A+

Galo elétrico se prepara para confronto no domingo (Foto: Divulgação)
Rodrigo Rocha não quer mais bater na trave e seguir em busca do campeonato para o Galo (Foto: Divulgação)

Um objetivo que todo atleta de futebol almeja é conquistar um título de campeão. Sendo o futebol um esporte incerto, às vezes, o jogador precisa de mais de uma oportunidade para conseguir tal objetivo. Mas, quantas chances se precisa para se tornar campeão? Para o lateral-direito do Independente, Rodrigo Rocha, que busca pela terceira vez seguida o inédito título do Paraense na sua carreira, as possibilidades são infinitas.

Batendo na trave em 2015 com o Parauapebas, e em 2016 com o São Francisco, alcançando a terceira colocação nas duas edições; para este ano, o atleta do Galo espera quebrar essa sina negativa, e poder, finalmente, levantar a taça. Mas, antes de chegar à final, Rodrigo sabe que, apesar da boa vantagem do time construída dentro de casa, a partida contra o Clube do Remo neste domingo, às 16h no Mangueirão, ainda não está definida.

Entretanto, diferente das edições passadas, Rodrigo enxerga que este momento do Independente, é merecedor de qualquer conquista. “Faltou bem pouco para conquistarmos o título nas campanhas passadas. Esse ano tem tudo para ser diferente”, diz. “O Independente tem um grande time e tenho certeza que a equipe possui todas as condições de ser campeã”, avisa.

O time do Independente, que já se encontra em Belém, apesar da vantagem, quer balançar a rede adversária para assegurar a final. “Vamos atuar da mesma forma e buscaremos o gol”, encerra o lateral. O primeiro jogo terminou com o placar de 2 a 0 para o time de Tucuruí, que pode perder por até um gol de diferença. Se perder por dois gols, a decisão vai para os pênaltis.

Vitória, o melhor presente para Bilau

Precisando de uma vitória simples, ou até mesmo de um empate com gols para garantir sua classificação para as finais do Campeonato Paraense, a equipe do São Raimundo segue firme nos seus treinamentos voltados a enfrentar o Paysandu, na partida decisiva das semifinais, programada para amanhã, às 18h30, na Curuzu. O time de Santarém espera um resultado positivo para a partida, para poder coroar a boa temporada com a vaga para as finais. 

Bilau quer gols

Embora esse seja um desejo de todo o clube, um atleta, em especial, espera para este jogo poder comemorar o feito em dobro. Bilau, atacante do São Raimundo conhecido por suas habilidades dentro de campo e pelo apelido peculiar, completou, na última segunda-feira (17), 27 anos de idade e, caso sua equipe consiga avançar de fase, e poder comemorar ao lado de seus companheiros e torcida, seria o melhor presente que atleta poderia ganhar.Autor de dois gols na temporada, Bilau, espera acima de tudo, poder ajudar o Pantera no que for preciso. Mas, se tiver a oportunidade de marcar o gol da classificação, o atleta garante que será um dos momentos mais especiais de sua carreira. “Agradeço a Deus por mais um ano de vida com saúde, para poder defender um clube que gosto muito. Com humildade vamos em busca da vitória e, se eu tiver chance de ajudar minha equipe com passes ou gols, ficarei muito feliz. Mas em caso de gol, sem duvida será especial por conta do nosso momento e poder presentear tanto o clube, quanto eu”, comenta o jogador em tom de descontração. 

Futebol pelada

América joga amanhã

O tradicional time de pelada do América Futebol Mídia, da Passagem Vitória, ao comando do técnico Pedrão, joga neste sábado, às 16h30. 

O jogo é no campo do Edim, no Curuçambá, em Ananindeua, diante da equipe do Racing do bairro de São Brás, de Belém. 

Será a primeira vez que as duas equipes se enfrentam e, no América, a ordem é buscar um bom resultado. 

(Matheus Miranda/Diário do Pará)



Comentários