Esporte / Pará

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Para atingir a meta é preciso união no Papão

Quinta-Feira, 22/09/2016, 09:57:29 - Atualizado em 22/09/2016, 10:01:39 Ver comentário(s) A- A+

Para atingir a meta é preciso união no Papão (Foto: Mário Quadros)
(Foto: Mário Quadros)

Faltando 12 rodadas para o término do Brasileiro da Série B, quando serão conhecidos os quatro clubes classificados à Série A e o mesmo tanto de rebaixados à Série C de 2017, união passou a ser a palavra de ordem entre os bicolores. Com o time estacionado na zona intermediária do campeonato, com 32 pontos, na 14ª posição, tanto o técnico Dado Cavalcanti como os seus jogadores sabem que não podem mais dar mole, cometendo o erro de desperdiçar pontos em casa e, ao mesmo tempo, tentar beliscar pelo menos empates na condição de visitante.

Por isso, mais do que nunca, o grupo precisa estar unido, como ressalta o volante Jhonnatan (foto), em torno do primeiro objetivo do time, que é o de chegar aos 45 pontos, número supostamente necessário para evitar o rebaixamento, e, mais lá na frente, tentar o milagre do acesso à elite nacional. “A responsabilidade é de todos”, diz Jhonnatan. “Aqui todos sabem do peso que é vestir a camisa do Paysandu e acredito que já estão acostumados com isso”, discursa.

FORMAÇÃO

Sem a presença da imprensa, o técnico Dado Cavalcanti ministrou, ontem à tarde, no Centro de Treinamento da Desportiva, em Marituba, um novo treino com bola para o elenco do Papão. O treinador tenta montar o quebra-cabeça de seu time para encarar o Bragantino, na segunda-feira (26). Mas as coisas não parecem estar sendo fácil para o comandante bicolor. Segundo um informante bicolor, que pediu anonimato, o treinador tem remotas chances de contar com o zagueiro Domingues, que jogaria improvisado como volante, e Ilaílson, atleta da posição. Eles seriam os substitutos de Ricardo Capanema e Augusto Recife, ambos suspensos. Com Lucas, também suspenso, a expectativa é que Jhonnatan seja um dos reservas com possibilidades de compor a formação titular.

(Diário do Pará)

Leia também:

Comentários