Esporte / Mundo

TÊNIS

Kyrgios diz que Djokovic imita Federer, mas nunca será o maior

Quarta-Feira, 15/05/2019, 16:05:03 - Atualizado em 15/05/2019, 16:05:03 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Kyrgios diz que Djokovic imita Federer, mas nunca será o maior (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Sempre polêmico, o australiano Nick Kyrgios voltou a ganhar as manchetes do mundo do tênis nesta quarta-feira. Isso porque o jogador deu uma entrevista ao jornal norte-americano New York Times, e quando perguntado sobre sua relação com Novak Djokovic, não poupou palavras.

Kyrgios fez questão de alfinetar o sérvio, dando a entender que Djoko tem um comportamento que soa um tanto quanto falso. Além disso, disse que o rival jamais será o maior tenista de todos os tempos.

“Eu só sinto que ele tem uma obsessão doentia em querer ser amado. Ele só quer ser como o Roger. Para mim, pessoalmente, eu não ligo… ele quer ser tão amado que eu não consigo aguentar. Tipo, as celebrações dele são tão constrangedoras… ele é um dos maiores que a gente já viu. Honestamente, acho que ele vai passar Federer no número de Grand Slams. Não interessa quantos Grand Slams ele ganhe, ele nunca será o maior de todos os tempos para mim”, disse.

Para justificar a sua opinião, Kyrgios lembrou que já saiu vitorioso diante de Djokovic, e garantiu que se conseguir outra vitória contra o sérvio, comemorará de forma provocativa.

“Eu já joguei contra ele duas vezes e, me desculpe, se você não pode me ganhar, você não pode ser o maior de todos os tempos. Com a rotina que eu faço, é zero perto dele. Ele sempre diz o que ele parece precisar dizer, nunca sua opinião. Ele não é um cara ruim. Honestamente, se eu ganhar, eu farei a celebração dele contra ele. Será hilário”, completou.

Fonte: Gazeta Esportiva





Comentários

Destaques no DOL