Esporte / Mundo

MAIS FUTEBOL

Profissionalização do futebol faz faturamento dos clubes crescer

Terça-Feira, 14/05/2019, 20:10:07 - Atualizado em 14/05/2019, 20:10:07 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Profissionalização do futebol faz faturamento dos clubes crescer (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Segundo pesquisa divulgada recentemente pela consultoria de marketing esportivo Sports Value, o mercado do futebol brasileiro movimentou cerca de R$ 6,5 bilhões em 2018. Os clubes que mais faturaram foram: Palmeiras (R$ 654 milhões), Flamengo (R$ 543 milhões), Corinthians (R$ 470 milhões), São Paulo (R$ 424 milhões) e Grêmio (R$ 420 milhões).

Se por um lado são altas cifras, é pouco perto dos times europeus. Só o Real Madrid, por exemplo, é o clube que mais faturou no mundo no ano passado, arrecadou €$ 750 milhões em uma temporada, cerca de R$ 3,2 bilhões de reais. Os clubes brasileiros não alcançam o mesmo sucesso, em função da profissionalização que o futebol do velho continente sofreu nos últimos 20 anos.

E esse assunto, a profissionalização do futebol, será abordado no Conafut (Conferência Nacional de Futebol), um congresso do mercado brasileiro da bola. O evento será realizado em São Paulo, na semana que vem, nos dias 16 e 17 de maio. “Os executivos do mercado da bola estão conscientes que uma capacitação técnica de alto nível é essencial para que clubes e empresas aproveitem todo o potencial de negócios que o futebol pode oferecer”, afirma Rodrigo Molina, diretor criativo executivo da THE360 e um dos responsáveis pelo Conafut.

Esse é o caso de Felipe Tricate, que faz MBA em Football Industries na University of Liverpool desde setembro do ano passado. Ele conta que, além do curso contribuir para o seu conhecimento, morar no Reino Unido tem sido positivo. “Fazer essa especialização aqui e conhecer tantas pessoas ligadas ao esporte está me ajudando também a criar o que eu acredito ser uma das coisas mais importantes nessa carreira: um grande e qualificado networking”, afirma o estudante.

Felipe viajou orientado e preparado pela gradeUP, empresa paranaense de atuação nacional especializada na orientação e preparação de estudantes e profissionais interessados em programas acadêmicos no exterior. De acordo com o diretor, Leonardo Trench, houve aumento na procura por cursos nessa área.

“A demanda por profissionais especializados é crescente nos últimos anos, principalmente em função de eventos como a Copa do Mundo e as Olimpíadas, que foram realizados no Brasil e impulsionaram a indústria do esporte. Inclusive somos os primeiros representantes no país desse MBA em Football Industries, que é o único especializado nesse setor. Todos os anos a instituição tem recebidos alunos brasileiros sob a nossa condução”, acrescenta o diretor.

Fonte: Gazeta Esportiva



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL