Esporte / Mundo

MAIS FUTEBOL

Emirados Árabes apresentam queixa contra dois jogadores do Catar

Quinta-Feira, 31/01/2019, 17:50:03 - Atualizado em 31/01/2019, 17:50:03 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Emirados Árabes apresentam queixa contra dois jogadores do Catar (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Depois de serem goleados por 4 a 0 pelo Catar na semifinal da Copa da Ásia, os Emirados Árabes Unidos apresentaram uma queixa formal por irregularidades de dois jogadores da seleção adversária. A informação foi confirmada nesta quinta-feira pela Confederação Asiática de Futebol (AFC).

“A Confederação Asiática recebeu uma queixa da Federação de Futebol dos Emirados Árabes Unidos em relação à elegibilidade de dois jogadores catarianos. Este protesto será agora examinado segundo o regulamento da AFC”, declarou um representante da entidade asiática.

Os jogadores que estão sendo investigados são Almoez Ali, artilheiro do Catar com oito gols marcados na competição, e o zagueiro Bassam Al Rawi. O primeiro tem 22 anos e nasceu no Sudão, enquanto o segundo tem 21 e é natural do Iraque.

A reclamação dos Emirados Árabes é referente a uma possível irregularidade da naturalização de ambos atletas. Caso a AFC considere que de fato houve um descumprimento de normas, o Catar poderá ser multado e até expulso de uma competição futura.

Outro incidente – A partida teve ânimos acirrados, inclusive por conta da instabilidade geopolítica entre os dois países. Após o segundo gol do Catar, a torcida dos Emirados Árabes atirou sapatos no campo, próximo de onde os jogadores comemoravam o tento. Nos países do Golfo Pérsico, atirar sapatos em alguém representa um insulto grave.


Fonte: Gazeta Esportiva





Comentários

Destaques no DOL