Esporte / Mundo

MAIS FUTEBOL

Legião-DF dá trabalho, mas Athletico vence e segue na Copinha

Sexta-Feira, 11/01/2019, 20:05:02 - Atualizado em 11/01/2019, 20:05:02 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Legião-DF dá trabalho, mas Athletico vence e segue na Copinha (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Com sufoco, mas conseguindo marcar seus gols no segundo tempo da partida, o Athletico Paranaense conseguiu a classificação para a próxima fase da Copa São Paulo de Juniores ao bater o Legião-DF por 2 a 1, mantendo os 100% de aproveitamento na competição. Agora, o Rubro-Negro vai enfrentar o Mirassol, no domingo.

Ao contrário das expectativas, o Furacão não conseguia impor o mesmo domínio que mostrou nas três primeiras partidas, errando alguns passes e dando campo de jogo para time do Distrito Federal. Felipe, aos cinco minutos, teve a primeira chance, e parou no goleiro rubro-negro. Mas legião no ataque, aos 16 minutos, e o chute de Cacá foi pela linha de fundo.

O Athletico tentava chegar com Vinicius Mingotti pelo meio da defesa, mas não conseguia completar as jogadas. Aos 31 minutos, após boa tabela, Jaderson tentou acertar o ângulo e a bola subiu demais. O zagueiro Lucas Halter tentava ajudar o ataque athleticano, mas a equipe do centro-oeste era guerreira, marcava forte.

Para a segunda etapa, o Furacão retornou com Wellington Rocha e Vitinho nos lugares de Welinton e Vinícius Mingotti. O Legião criou uma grande chance, aos seis minutos, com Luander aproveitando falha da defesa para finalizar de frente para o gol, mas mandando por cima da meta. A resposta veio com Vitinho, que carimbou a trave.

O Legião surpreendia e, aos 10 minutos, Talisson partiu para a jogada individual, deixou a defesa para trás e tocou na saída do goleiro. Jaderson tirou em cima da linha. Mas, aos 19 minutos, o banho de água fria, com Vitinho recebendo cruzamento, testando para a rede e o abrindo placar para o Furacão. O jogo se abriu para o time paranaense, que fez o segundo com Jaderson, aos 25 minutos. O Legião teve Baiano expulso, mas logo a partida ficou com 10 para cada lado com a expulsão do goleiro Bento, que colocou a mão na bola fora da área. Juninho descontou, aos 45 minutos, mas o resultado estava definido.

Fonte: Gazeta Esportiva





Comentários

Destaques no DOL