Esporte / Mundo

MAIS FUTEBOL

Andrés promete reforços e deixa Danilo e Gustagol nas mãos de Jair

Quinta-Feira, 08/11/2018, 16:30:03 - Atualizado em 08/11/2018, 16:30:03 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Andrés promete reforços e deixa Danilo e Gustagol nas mãos de Jair (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O Corinthians vai se reforçar para a próxima temporada e, segundo o presidente Andrés Sanchez, a ideia agora é encontrar jogadores mais maduros, preparados para assumir a reponsabilidade e elevar o nível técnico do time.

“Não podemos errar. Jogadores mais prontos, mais certos”, avisou, em entrevista coletiva, antes de deixar claro que não fará loucuras financeiras. “O Corinthians vai trazer jogadores. Volto a repetir, não vou pagar 700 mil reais. Aqui nosso teto é Cássio, Jadson e Fagner, que são jogadores de Seleção. É injusto com os que estão aqui. Vamos trazer reforços, sim, mas com pé no chão, que é o que o futebol brasileiro precisa”.

Além de percorrer o mercado, a diretoria também está trabalhando em cima de nomes que estão ou pertencem ao clube. Danilo é um deles. O vínculo do veterano de 39 anos se encerra no próximo mês e o meia já avisou que deseja jogar por mais uma temporada antes de se aposentar.

“A porta sempre estará aberta ao Danilo. Já fiz esse convite (para trabalhar como dirigente) há muito tempo. Um dos melhores, se não o melhor cara para se trabalhar que já passou por aqui. Multicampeão, pessoa maravilhosa. Só tem ajudado o Corinthians. Para jogar, vai depender da comissão técnica. As portas sempre estarão abertas”, explicou Andrés, deixando claro que a decisão sobre Gustagol e outros atletas emprestados que retornarão ao fim da atual temporada também ficará nas mãos de Jair Ventura.

“O Jair está reunido com o Alessandro, o Duílio, já tem os nomes que vão ficar, outros serão reemprestados e outros que vão ficar aqui, treinando. O que queremos são dois ou três desses emprestados”, continuou o mandatário.

Sobre toda a polêmica criada pelo empresário de Pedrinho ao fim da Copa do Brasil, inclusive com ameaça de tirar a revelação do clube, Andrés Sanchez foi enfático mais uma vez.

“Traz a proposta. Oficial, nada. Houve consulta, tudo, há seis meses uma proposta mais forte, o Pedrinho não aceitou, nós também não. Mas, já falei, no Corinthians só fica quem quer. Romero a mesma coisa (contrato vence em julho de 2019), estamos falando, falando, ele quer ficar e nós queremos renovar. Vamos ver”, concluiu.

Fonte: Gazeta Esportiva





Comentários

Destaques no DOL