Esporte / Mundo

MOTOR

Sobrinho de Barrichello e Sette Câmara são premiados no Capacete de Ouro

Quinta-Feira, 08/11/2018, 08:15:03 - Atualizado em 08/11/2018, 08:15:03 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Ao passo que grandes nomes do automobilismo nacional vão saindo de cena, novas caras vêm chegando na tentativa de manter o Brasil no topo do esporte a motor. Na noite desta quarta-feira, no Salão do Automóvel de São Paulo, Felipe Bartz, sobrinho de Rubens Barrichello, e Sérgio Sette Câmara, novo piloto de testes da McLaren na Fórmula 1, foram os destaques do tradicional prêmio Capacete de Ouro.

Recém-contratado da McLaren, Sérgio Sette Câmara compareceu pela primeira vez à premiação. Trilhando carreira na Europa há tempos, o piloto da Fórmula 2 não escondeu o orgulho de, enfim, garantir o dourado troféu para a sua prateleira na categoria ‘Internacional Top’.

“A carreira na Europa é uma coisa solitária, nunca vim no Capacete de Ouro. Fui um piloto que nunca fui muito relacionado, fico feliz que agora as oportunidades tenham aparecido. Pelo fato de Belo Horizonte não ser um centro automobilístico, não tenho muita amizade com os outros pilotos, apenas com os pilotos lá de Minas Gerais, que não estão aqui hoje, que me mandam mensagens, mas não correm mais”, afirmou Sérgio Sette Câmara, principal esperança do automobilismo brasileiro para voltar a ter um representante na Fórmula 1.

Já Felipe Bartz, filho do kartista Christian Bartz com Renata Barrichello, irmã de Rubinho, fez jus à fama da família e levou a melhor na categoria ‘Kart’, superando Fernando Guzzi e João Cunha. Na categoria ‘Revelação Kart’ melhor para Vinicius Tessaro, que competia com João Pinheiro e Rafael Diniz pelo troféu.

O experiente Tony Kanaan venceu Helio Castroneves e Pietro Fittipaldi na categoria ‘Indy’, enquanto o brasileiro Lucas di Grassi, que chegou a ter uma breve passagem pela Fórmula 1, levou a melhor sobre Nelsinho Piquet na categoria ‘Fórmula E’.

Na categoria ‘Stock Car’, Daniel Serra, atual campeão e líder do campeonato neste ano, ficou com o troféu ao superar Felipe Fraga, que ainda tem chances de superar o rival e ficar com o título nesta temporada. Rubens Barrichello, que aparece em terceiro lugar na classificação restando uma etapa para o fim das disputas, foi o outro indicado.

Fonte: Gazeta Esportiva



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL