Esporte / Mundo

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Primeiro-ministro da Espanha não gostaria de Neymar no Real Madrid

Terça-Feira, 13/02/2018, 14:55:02 - Atualizado em 13/02/2018, 14:55:02 Ver comentário(s) A- A+

Primeiro-ministro da Espanha não gostaria de Neymar no Real Madrid (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

“Eu não gostaria de vê-lo de branco”. A frase é de Mariano Rajoy, primeiro-ministro da Espanha e sócio do clube merengue desde 1986, sobre a possibilidade de Neymar atuar pelo Real Madrid.

Durante uma visita ao jornal espanhol As, mesmo sem explicar muito a fundo quais seriam os motivos pelos quais não desejaria ver um dos melhores jogadores do mundo em seu time do coração, Rajoy comentou um dos mais esperados confrontos da Liga dos Campeões, nesta quarta-feira, do Real contra o time de Neymar.

“Não esqueçamos que é o Real Madrid, e a Champions é a sua competição favorita, ainda mais agora que a situação ficou ruim no Campeonato Espanhol e foi eliminado da Copa do Rei. São os mesmos jogadores do ano passado, e estamos falando do atual campeão, que ganhou três das últimas quatro Champions”, disse.

Mariano Rajoy durante visita ao jornal espanhol As. Ele disse não querer Neymar no clube merengue (Foto: Reprodução AS)

Rajoy foi bastante direto também ao dizer sobre o que espera do time na competição. “Se formos racionais, podemos pensar que vamos levar uma bofetada. Mas nestes jogos tudo pode acontecer”. O Real Madrid não está sendo apontado como favorito para o confronto, por seus tropeços no Espanhol e na Copa do Rei e pela má fase de alguns de seus principais jogadores e técnico. Já o PSG é líder do Francês, está na final da Copa da França e tem um plantel de jogadores bastante invejável.

Sobre isso, o primeiro-ministro comentou sobre as contratações do Real Madrid, que chegou a pensar em Mbappé na temporada passada. “Não sei se o Real devia contratá-lo (Mbapppé). Bale, Benzema e Ronaldo eram os melhores e, passados uns meses, todos duvidam deles. É preciso julgar com um pouco mais de perspetiva. Eu acredito neles”, finalizou.


Fonte: Gazeta Esportiva







Comentários