Esporte / Mundo

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Luxemburgo usa vitória para explicar desabafo polêmico no Sport

Quarta-Feira, 13/09/2017, 23:30:02 - Atualizado em 13/09/2017, 23:30:02 Ver comentário(s) A- A+

Luxemburgo usa vitória para explicar desabafo polêmico no Sport (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Vanderlei Luxemburgo ‘cuspiu fogo’ depois do Sport levar uma goleada por 5 a 0 para o Grêmio, há duas rodadas no Campeonato Brasileiro. Nessa quarta, depois de uma vitória contundente por 3 a 1 sobre a Ponte Preta pelo duelo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana, o experiente treinador aproveitou o momento favorável para explicar seu desabafo no Sul.

“Às vezes o remédio é um pouco doído, mas tem que dar o remédio, tem que fazer alguma coisa. A única coisa que ficou bem claro para mim é que eu falei uma coisa e encaminharam para outra. Na minha entrevista em Porto Alegre, em momento algum eu falei que ia trocar jogador ou falei nome de jogador. Foi tudo interpretação das pessoas. Eu falei que queria que o time mudasse de atitude. Eles têm para dar, podem dar. Mostraram hoje”, disse Luxemburgo.

“Hoje aconteceu futebol. Jogadores sendo enaltecidos pela imprensa e pela torcida porque jogaram de uma maneira convincente. Não quero ser protagonista do Sport, já estou nisso há muito tempo, a única coisa que eu quero é respeito, é o reconhecimento do trabalho, mas quem tem que ser protagonista são os jogadores. A gente está no caminho certo. O time hoje jogou com alegria”, completou.

Até mesmo quando questionado sobre a importância do leão ter voltado a vencer um jogo depois de seus jogos sem sair de campo com os três pontos, o comandante rubro-negro voltou à história ocorrida em Porto Alegre.

“A gente não vai ganhar sempre e não vai perder sempre. Não me arrependo de nada que foi feito. Minha fala foi direcionada a uma coisa que eu queria. A gente não podia perder de cinco como perdemos. Eu não tinha os dados do GPS, mas já sabia que a equipe não tinha feito a performance que ela pode fazer. Eu cobrei de uma maneira contundente mesmo, mas no Brasil parece que você está execrando, caçando bruxas… Mas a gente está acostumado com isso aí”.

André, autor do terceiro gol do Sport na Ilha do Retiro, nessa quarta-feira, não escondeu que o jejum de vitórias vinha incomodando o elenco e, por isso, minimizou até mesmo o gol levado pela equipe em casa.

“Mais importante que a vantagem é voltar a vencer. O time estava precisando. Então, o tamanho da vantagem é o tamanho da importância desse resultado para a gente”, avaliou o atacante.

Vantagem, aliás, que Luxemburgo quer que seu time esqueça até os momentos finais da partida em Campinas, na próxima quarta, quando o Sport poderá avançar até mesmo se perder por um gol de diferença.

“É um outro jogo, um outro momento. Você tem que zerar a vantagem, jogar lá e ver se a vantagem te beneficia para chegar à classificação. Se for jogar com a vantagem, de repente ela é perdida durante o jogo e você está perdido”, explicou o treinador.

Fonte: Gazeta Esportiva





Comentários