Esporte / Brasil

ESTREIA NA SÉRIE C

A grama, de novo, preocupa o futebol bicolor

Sábado, 20/04/2019, 08:54:16 - Atualizado em 20/04/2019, 09:14:00 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

A grama, de novo, preocupa o futebol bicolor (Foto: Jorge Luiz/Paysandu)
Fábio Alemão avisa que a grama do Colosso da Lagoa é mais alta que o normal o que pode prejudicar o futebol bicolor. (Foto: Jorge Luiz/Paysandu)

O gramado do Colosso da Lagoa, palco do jogo de estreia do Paysandu na Série C do Brasileiro, será um adversário extra para a estreia do time bicolor no campeonato. A previsão é do zagueiro Fábio Alemão, que é natural da cidade de Três Passos, no interior gaúcho.

Conhecedor do futebol dos pampas, o defensor já atuou no local e, portanto, fala com conhecimento de causa. “Eles utilizam muito o corte do campo. Lá a grama é mais alta e isso prejudica quem não está acostumado a jogar em situações como essa”, informou Alemão.

O jogador está com seu vínculo com o Papão prestes a se encerrar, mas ele já sinaliza o desejo de continuar defendendo o clube no restante da temporada. “Por enquanto, não fui procurado, mas tenho interesse, pois já estou acostumado, estou adaptado, mas ainda não terminou meu contrato”, declarou.

O fato do Papão ter sido um dos clubes rebaixados em 2018, na avaliação do defensor, será uma espécie de alvo principal dos adversários ao longo da disputa.

“Pela tradição e a torcida que tem, além de estar vindo da Série B, todo mundo vai querer ganhar da gente”, afirmou Alemão. O jogador contou que ainda busca justificativa para o fato do Paysandu, de maneira surpreendente, não ter chegado à final do Estadual. “Sinceramente, não sei o que houve. A gente trabalhou ao máximo, se esforçou ao máximo e, além de tudo isso, temos uma grande união. É um grupo muito amigo. Infelizmente o futebol tem dessas coisas”, comentou.

(Nildo Lima/Diário do Pará)





Comentários

Destaques no DOL