Entretenimento / Música

NOITE DE FESTA

Festival premia os melhores da música paraense

Quinta-Feira, 29/11/2018, 23:38:04 - Atualizado em 30/11/2018, 00:46:57 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Festival premia os melhores da música paraense (Foto: DOL)
(Foto: DOL)

O público conheceu na noite desta quinta-feira (29) os grandes vencedores do 10º Festival de Música Popular Paraense,. O evento foi realizado na sede campestre da Assembleia Paraense, em Belém, e contou com transmissão ao vivo pela RBA TV e pelo Diário Online, desde as 22h. 

A grande vencedora foi a canção 'Só Deus', do compositor Rodrigo Meireles e defendida por Lucinnha Bastos, levando o prêmio de Melhor Música. 'Pororocando', de Alfredo Reis, levou o prêmio de Melhor Arranjo. Já o prêmio de Melhor Intérprete ficou para Mariza Black.

PREMIAÇÃO

Danielle Redig, analista de comunicação da Vale, ressaltou que o festival valoriza a cultura. "A Vale acredita que a cultura tem poder transformador. Então, todas as ações que a gente pode apoiar, que tem a ver com valorização da cultura, a vale faz questão de estar presente, sendo parceira sempre." 

Marcos Antônio, da Marco Evento, ressaltou a importância do festival para os novos músicos. "No festival de música desses dez anos, nós conseguimos todos os nossos objetivos. De proporcionar às pessoas que estão começando o seu trabalho, suas produções, de dar essa oportunidade para eles."  

Após duas etapas eliminatórias,12 músicas foram classificadas para a grande final. A premiação para o 1º lugar foi de R$ 15 mil. O 2º lugar recebeu R$ 10 mil e o terceiro, R$ 8 mil. Para as categorias “melhor arranjo” e “melhor interprete”, o valor é de R$ 3 mil. 

Os títulos que disputaram os prêmios neste ano foram: "Só Deus", "Vida", Pororocando", "Estado Grave", "Ritmo e Mitos", "Voz Da Ausência", "Lendas Pelo Chão", "Caboclo Marajoara", "400 Razões", "Tambor (Vô de Mãe)", "É Show". 

O 10º Festival de Música Popular Paraense é uma realização da RBA, coordenação da Marco Eventos, parceria do Parque Shopping e apoio da Vale.

VEJA REGISTROS DA NOITE

 

(Música: Só Deus - Intérprete: Lucinha Bastos)


(Música: Vida - Compositores: José Coelho e José Luís Maneschy / Intérprete: Markinho Duran)


(Música: Pororocando - Compositor e Intérprete: Alfredo Reis)

 

(Música: Raiz do Manguezal - Compositores: Eduardo Monteiro e Valério Gomes / Intérprete: Joelma Klaudia)

 

(Música: Estado Grave - Compositor: Diego Xavier / Intérprete: Renato Torres)


(Música: Ritos e Mitos - Compositor: Almino Henrique / Intérprete: Andrea Pinheiro)


(Música: Voz da Ausência - Compositores: Patrícia Rabelo e Leandro Cardoso Dias / Intérprete: Patrícia Rabelo)


(Música: Lendas Pelo Chão - Compositores: Max Reis e Jacinto Kahwage / Intérprete: Renata Del Pinho)


(Música: Caboclo Marajoara - Compositor: Cláudio Lemos e Everaldo Moura / Intérprete: Banda Os Panteras)

 

(Música: 400 razões - Compositor: Plínio do Cavaco / Intérprete: Daniel Cardoso)

 

(Música: Tambor (Vô de Mãe) - Compositores: Marlon D’Oloveira e Toninho Nascimento / Intérprete: Mariza Black)

 

(Música: É show! - Compositores: Allan Cardoso e Luis Girard / Intérprete: Luis Girard)

 

CANÇÕES VENCEDORAS:

- Melhor Música - 1º lugar: Só Deus 
Compositor: Rodrigo Meireles
Intérprete: Lucinha Bastos

- Melhor Música - 2º lugar: 400 razões 
Compositor: Plínio do Cavaco
Intérprete: Daniel Cardoso

-  Melhor Música - 3º lugar: Estado Grave
Compositor: Diego Xavier 
Intérprete: Renato Torres

- Melhor Arranjo: Pororocando
Compositores: Alfredo Reis

- Melhor Intérprete: Mariza Black
Música: Tambor (Vô de Mãe)

 

(DOL)





Comentários

Destaques no DOL