Entretenimento / Games

EDIÇÃO ELETRÔNICA

[EXCLUSIVO] Conversamos com o designer dos carros de Need for Speed Payback

Quinta-Feira, 27/07/2017, 15:21:02 - Atualizado em 27/07/2017, 15:21:02 Ver comentário(s) A- A+

[EXCLUSIVO] Conversamos com o designer dos carros de Need for Speed Payback (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Depois de passar por um período de readaptação, a franquia de jogos de corrida Need for Speed está voltando à toda velocidade. Em 2015, com o reboot da franquia, recebemos um jogo que dividiu opiniões e tinha pontos a melhorar — e a Ghost Games ouviu os fãs e fez adaptações para seu próximo título, Need for Speed Payback.

Além do tão solicitado modo campanha offline, Payback terá mais opções de customização, perseguições policiais e mais detalhes que ainda não foram revelados.

Boa parte do público do game adora atualizar as peças de seus carros e alterar seu visual usando as ferramentas de customização – que é tão importante que recebeu um trailer só pra isso. Para nos ajudar a conhecer melhor o design dos carros e da customização, conversamos com Bryn Alban, um dos diretores de arte da Ghost Games, que é o responsável por fazer a ponte entre as marcas e a desenvolvedora, além de trabalhar no design dos carros e das customizações de Payback.

Jovem Nerd News: Como vocês escolhem os carros que estarão no jogo?

Bryn Alban: O Need for Speed anterior serviu como uma ótima base para a gente em termos de apresentar uma lista forte de carros com veículos que as pessoas aspiram em ter em diferentes níveis. O que fizemos com a lista de carros do Payback foi manter todos os clássicos que já tínhamos e acrescentar mais. Ouvimos o feedback dos fãs e adicionamos carros que eles gostariam de ver de novo. Colocamos mais muscle cars americanos, trouxemos de volta os exóticos hiper carros, mas também olhamos a maneira que o jogo mudou e como novos elementos de jogabilidade, como andar por fora da pista pela primeira vez, trazem sua própria dose de desafios e requerimentos para uma seleção de carros.

JNN: Quais são as diferenças entre a customização e o balanceamento entre o reboot do Need for Speed e o novo Need for Speed Payback?

Bryn: O Need for Speed Payback terá uma customização melhor do que a que tínhamos anteriormente. Conversamos e ouvimos nossos fãs e acrescentamos mais partes onde eles achavam necessário. Também vamos um passo além com a customização onde vamos levar nossos carros abandonados ao extremo com a nova função de Super Builds.

JNN: Qual foi a parte da customização mais difícil de implementar? E qual a sua favorita?

Bryn: Nossa função de Super Build dos carros abandonados foi a coisa mais complicada de implementar tecnicamente, porque ela une várias partes do jogo em uma experiência só. Ela também é a minha favorita. A capacidade de fazer um pedaço enferrujado de sucata virar uma obra de arte “tunada” é muito recompensador. Construir esses carros para fazer coisas que eles não foram criados para fazer é bem emocionante e como um amante de automóveis eu fantasio transformar algo de sucata para stock e daí para supercarro!

JNN: Como é trabalhar com o licenciamento, ter que lidar com as marcas de carros?

Bryn: Gostaria de dizer que não temos que lidar com as marcas, ao invés disso nós colaboramos com elas. As fabricantes de carros são ótimas para se trabalhar junto e temos discussões semanais, as vezes até diárias, para entender o que eles querem que a gente faça e para eles entenderem o que a gente quer fazer com eles. É um momento bem empolgante para se estar trabalhando em um jogo de corrida de ação.

O próximo Need for Speed terá a opção de jogar a campanha para um jogador completamente offline, algo muito solicitado pelos fãs após a ausência do modo no reboot de 2015.  O jogo também terá um novo modo com missões de “assalto” e corridas aos moldes mais tradicionais.

Need for Speed Payback chegará para PS4, Xbox One e PC no dia 10 de novembro de 2017.

Fonte: Jovem Nerd





Comentários