Entretenimento / Fama

RELATO DO CRIME

‘Sempre foi misógino e possessivo’, diz filha de acusado de matar ator de 'Chiquititas'

Terça-Feira, 11/06/2019, 11:33:44 - Atualizado em 11/06/2019, 12:04:42 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

‘Sempre foi misógino e possessivo’, diz filha de acusado de matar ator de 'Chiquititas' (Foto: Reprodução)
Ator e seus pais foram mortos pelo sogro ao chegar na casa da namorada. (Foto: Reprodução)

“Misógino, possessivo e ciumento”. Essas foram as características descritas pela jovem Isabela Tibcherani, de 18 anos, ao falar sobre o pai, o comerciante Paulo Cupertino da Silva, de 48 anos, acusado de matar o ator Rafael Henrique Miguel e os pais dele. As informações são do Extra.

Em entrevista à TV Record, a jovem disse que seu pai não queria que o namoro com Rafael atrapalhasse a vida dela. Ela disse ainda, que ele sempre impediu sua “mãe de viver” e que presenciou “muitas coisas ruins desde pequena”.

Ver essa foto no Instagram

Feliz primeiro ano! Eu te amo demais, mulher maravilhosa! ❤☀🌻

Uma publicação compartilhada por Rafael Miguel (@rafaelmiguelreal) em

A menina revelou também, que sempre soube “do jeito ruim” do pai e que ele sempre teve “essa coisa de querer ter posse da vida das pessoas”.

Isabela disse em entrevista, que o máximo que achou que poderia acontecer “seria uma luta física” entre o pai e o namorado. A menina contou ainda, que apesar de ser maior de idade, estava proibida pelo pai de ver o namorado.

Mantendo contato por aplicativos de troca de mensagens e ligações de vídeo, Isabela e Rafael se reencontraram em uma festa junina, onde ela foi acompanhada da mãe. O encontro chegou a ser registrado nas redes sociais.

Ver essa foto no Instagram

If life is a movie, then you're the best part! ❤💏🌞

Uma publicação compartilhada por Rafael Miguel (@rafaelmiguelreal) em

Ainda de acordo com o relato de Isabela, ela chamou o namorado para ir até uma praça próxima da casa dela, no domingo. Neste dia, os pais do ator foram buscar o filho e deram uma carona até a casa dela. Ao chegarem no imóvel da família, viram o acusado já saindo com uma arma na mão.

“Eles (os pais do ator) nem chegaram a se aproximar, a fazer contato. A única coisa que eles pediram foi ‘vamos conversar’, mas a partir daí não teve conversa”, relembrou Isabela.

HISTÓRICO

O pai de Isabela, autor do crime que vitimou o ator e os pais dele, continua foragido e tem um histórico de passagens pela polícia. 

De acordo com investigadores, o criminoso tem passagem pela polícia por um roubo cometido em 1990. Na época, ele chegou a ser preso em flagrante. Ele foi condenado a dois anos de prisão, mas recorreu em liberdade e teve a condenação anulada. 

Ainda segundo informações de policiais militares, há outro boletim de ocorrência de furto contra Paulo.

(Com informações do Extra)





Comentários

Destaques no DOL