Entretenimento / Fama

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Artista é preso por ficar nu em espetáculo teatral

Segunda-Feira, 17/07/2017, 08:50:01 - Atualizado em 17/07/2017, 08:50:40 Ver comentário(s) A- A+

Artista é preso por ficar nu em espetáculo teatral (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Um artista paranaense foi detido em Brasília (DF), durante sua apresentação teatral, por "ato obsceno". Maikon Kempinski atuava em sua performance "DNA de DAN" – que faz parte do Palco Giratório, uma mostra teatral do Sesc – no sábado (15), em frente ao Museu Nacional da República, quando a apresentação foi interrompida pela Polícia Militar e ele, que fica nu ao longo da performance, detido e levado de camburão para uma delegacia.

Na 5ª Delegacia de Polícia (Asa Sul), Maikon precisou assinar um termo circunstanciado de ato obsceno e foi liberado em seguida. No relato em que detalha a abordagem, o artista informa ainda que foi agredido pelos policiais.

Na apresentação, o artista fica dentro de uma bolha plástica e tem aplicado sobre o corpo nu uma substância que se resseca aos poucos, até formar uma espécie de segunda pele. A performance consiste em uma dança, que lembra os movimentos de uma cobra, enquanto a substância seca em seu corpo.

De acordo com a polícia, Maikon foi detido após "denúncias" de que havia um homem nu em frente ao museu. "Como não foi apresentada nenhuma documentação /autorização do museu tampouco da Administração de Brasília, foi determinada a paralisação da referida exposição e foi dada voz de prisão ao elemento nu", informou a corporação por meio de nota.

A performance "DNA de DAN" já passou, antes de Brasília, por Belo Horizonte, Porto Alegre e Campina Grande sem nenhum problema.

O Sesc informou que só se pronunciará sobre o caso na segunda-feira (17).

Em sua página do Facebook, Maikon fez um contundente relato detalhando o ocorrido. Confira abaixo.


(DOL)





Comentários