Entretenimento / Fama

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Marcos é expulso do BBB após agredir Emilly

Segunda-Feira, 10/04/2017, 17:59:02 - Atualizado em 10/04/2017, 22:33:43 Ver comentário(s) A- A+

Marcos é expulso do BBB após agredir Emilly  (Foto: Reprodução)
Marcos e Emilly discutem feio após o fim da festa Emoções (Foto: Reprodução)

Marcos foi expulso do BBB 17. O médico foi chamado ao confessionário na noite desta segunda-feira (10) e comunicado da decisão do programa. Do confessionário, o participante saiu da casa, assim como aconteceu com Ana Paula no momento da sua expulsão, na edição passada do reality show. Marcos já está no hotel e ficará por lá sem contato com ninguém, por enquanto. A família do brother foi avisada.

Mais cedo, a delegada titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Jacarepaguá, Viviane da Costa, esteve nos Estúdios Globo para pedir as imagens das discussões entre Marcos e Emilly. Foi instaurado inquérito.

A estudante foi submetida a um exame clínico, por um médico da Globo, para avaliar a possibilidade de lesão corporal. No início da noite foram chamados ao confessionário separadamente. Para Emilly ficou claro seus direitos, garantidos pela Lei Maria da Penha, inclusive o de ficar distante de Marcos.

Em comunicado, a Globo reafirmou seu repúdio a toda e qualquer forma de violência, tendo evidenciado isso em todas as suas atitudes.

POLÍCIA FOI À CASA

Devido a grande repercussão da briga entre Marcos e Emilly, a polícia entrou na casa do "Big Brother Brasil" nos Estúdios Globo, em Curicica, zona oeste do Rio. Eles foram ouvir o casal sobre um episódio de agressão contra a gaúcha na madrugada do último domingo (9).

Festa termina com dedo na cara e gritarias

Delegada determina investigação para Marcos

"A delegada Viviane já está na Globo para ouvi-lo e estamos com um perito à disposição para fazer um exame na Emilly. Conseguimos achar um vídeo em que ele aparece segurando o cotovelo e existe uma marca no braço dela. Diante disso, já temos indício. Conseguimos instaurar inquérito. Dependendo do laudo do perito e do que está lá no vídeo, já é uma prova bem contundente e até o fim do dia já teremos uma decisão sobre as medidas protetivas", explicou a delegada.

Veja o vídeo da discussão:

"Não assisto ao programa. Vi as questões da violência doméstica, da violência psicológica, dele encurralá-la. Nestas atitudes é uma questão de violência doméstica, mediante a representação, ela teria que vir à delegacia, mas com os vídeos temos provas”, acrescentou.

O médico também pode ser proibido de entrar em contato com a gêmea, seus familiares e testemunhas por qualquer meio.

 (Com informação do UOL)



Comentários