Entretenimento / Cultura

NOVO CIRCUITO

Durante quatro dias de carnaval, Praça das Mercês palco para quatro blocos

Domingo, 03/02/2019, 09:06:02 - Atualizado em 03/02/2019, 09:18:54 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Durante quatro dias de carnaval, Praça das Mercês palco para quatro blocos (Foto: Reprodução/Facebook)
Os foliões da Glande é um dos blocos que vão animar o Circuito Mangueirosa. (Foto: Reprodução/Facebook)

Em quatro dias de folia e 12 atrações culturais, o Circuito Mangueirosa surge na cidade como uma nova proposta para o período de carnaval. Com isso, acabou o mistério. Se de um lado estão as polêmicas envolvendo o pré-carnaval na Cidade Velha, por outro, os movimentos culturais constituídos de artistas e produtoras se uniram para fazer a festa na Praça das Mercês, no bairro da Campina, pelo feriado de Carnaval. Gratuita, a programação inicia no dia 02 de março e se estende até o dia 05 na Praça das Mercês, a partir das 14 horas.

Oferecer uma programação aberta para a cidade durante o Carnaval contando com a participação de artistas que trazem em seu repertório a música paraense é a ideia do Circuito, que tende a estimular o turismo e movimentar a economia na capital neste período, resgatando tradições culturais.

Com uma expectativa de reunir cerca de quatro mil pessoas por dia, a Praça das Mercês deve ser transformada em uma grande arena, segundo a proposta do projeto. A programação foi dividida por blocos, em que as atrações se distribuem no período de quatro dias Lambateria (Roda de Carimbó, Félix Robatto e DJs), Manada (Bando Mastodontes, cortejo de boi e Djs), Lucha Libre (bloco que celebra o encontro das produtoras de festa Mea Chuta e Se Rasgum) e Filhos de Glande (cortejo, Orquestra Carnafônica e Dj).

DESPEDIDA

No dia 07 de janeiro deste ano, os foliões imaginaram que ficariam órfãos depois que o Bloco Filhos de Glande anunciou que se retiraram do pré-carnaval da Cidade Velha, com participações há 11 anos. “É difícil dizer do que sentiremos mais saudade. Talvez dos sorrisos dos moradores nas janelas. Ou talvez das casas enfeitadas para ver o nosso bloco passar. Este é um post de despedida, comunidade: depois de 11 anos, o Filhos de Glande está saindo do pré-carnaval da Cidade Velha”, dizia a postagem no Facebook.

A nota, em tom de despedida, deixava um gostinho de tristeza e ao mesmo tempo tinha um sabor de que em breve haveria novidades para os foliões. Lutamos para fazer um carnaval de rua do jeito que a gente acredita: irreverente, democrático, sem preconceitos, onde pessoas de todas as classes, raças e gêneros podem se misturar e ser feliz. Sabemos que nesses 11 anos contribuímos para fortalecer o pré-carnaval da cidade. Agora entendemos que é hora de buscar novos caminhos. Vamos erguer nosso estandarte em outros lugares, para construir outros sonhos de carnaval. Aguarde, comunidade, novidades vêm por aí. Muito obrigado, Cidade Velha, por nos receber com tanto carinho. Até um dia", completava a nota.

(Wal Sarges/Diário do Pará) 





Comentários

Destaques no DOL