Entretenimento / Cultura

BELEZA

Beleza nipo-brasileira desfila hoje no Miss Nikkei

Sábado, 12/05/2018, 10:35:16 - Atualizado em 12/05/2018, 10:35:16 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Beleza nipo-brasileira desfila hoje no Miss Nikkei (Foto: Ricardo Amanajás/Diário do Pará)
Nove jovens estão na disputa para representar o Pará em concurso nacional. (Foto: Ricardo Amanajás/Diário do Pará)

A beleza que representa a miscigenação japonesa e brasileira desfila hoje na passarela do concurso “Miss Nikkei Pan-Amazônia”, que será realizado às 20h, no Auditório Ryoichi Jinnai, da Associação Pan-Amazônia Nipo-Brasileira. Nove candidatas estão na disputa pelo título de Miss Nikkei, 1ª, 2ª e 3ª princesas.

Daniela Sayuri Koga, Rie Kikunaga, Juliana Ayumi Takahashi, Cintia Sayuri Iuchi, Thalita Onuma, Lídia Saito, Ingrid Nogushi Botega, Jéssica de Souza Shikama e Lídia Tomiko Ohashi são as belas candidatas desta edição do evento. Elas irão desfilar com vestimenta tradicional japonesa, vestido de gala e traje de banho. Entre as trocas de figurinos, haverá apresentação de Taiko, como é chamado o tambor japonês, grupo de dança Minyo Club e show de Enya Masaki.

Segundo a organização do evento, o concurso representa a importante participação da mulher descendente destes imigrantes e a exuberância do povo paraense. (Foto: Ricardo Amanajás/Diário do Pará)

A vencedora irá representar o Pará, terceira maior comunidade Nikkei no Brasil, no concurso “Miss Nikkei Brasil”, que será realizado dia 21 de junho, em São Paulo. Ela terá a responsabilidade de fazer lá tão bonito quanto fez Satomi Hayashi, vencedora do “Miss Nikkei Pan-Amazônia 2017”, que trouxe para o estado o título de 1ª princesa do concurso nacional. 

“Hoje, em sua quinta geração, os descendentes nipônicos são parte integrante do povo brasileiro, sem, entretanto, esquecer-se dos laços com seus antepassados, do senso de disciplina, organização e respeito que se fundiu com o espírito criativo, empreendedor, alegre e batalhador do povo brasileiro”, dizem os organizadores. “Este concurso representa a importante participação da mulher descendente destes imigrantes e que representa a exuberância do povo paraense, valorizando as diferenças culturais, exaltando suas tradições”, destacam.

(Diário do Pará)





Comentários

Destaques no DOL