Entretenimento / Cultura

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Bloco 'Axé Pra Recordar' anima foliões belenenses em ritmo dos anos 1990

Sábado, 13/01/2018, 11:42:44 - Atualizado em 13/01/2018, 12:20:44 Ver comentário(s) A- A+

No próximo domingo, 21, os foliões já estão convocados para recordar os clássicos do axé baiano com Denny Denan, a voz da Timbalada, estreando em carreira solo. Ele é a atração principal do bloco “Axé Pra Recordar”, que sai pelo terceiro ano consecutivo e, pela primeira vez, integrando o Pré-Carnaval da Cidade Velha. A concentração do bloco ocorre às 15h, em frente à Igreja da Sé, com trio elétrico saindo em direção ao Insano Marina Club, comandado por Tonynho e Banda. Munidos de seu abadá, os foliões conferem na casa de shows, além de Denny Denan, as bandas paraenses Pirô e Mizerê.

Bloco “Axé Pra Recordar” tem presença do do eterno timbaleiro Denny Denan (Foto: Divulgação)

A ideia do projeto sempre foi resgatar e viver os carnavais da década de 1990 em Belém, no auge do axé baiano, que se espalhava pelo país com bandas como Chiclete com Banana, Timbalada, É o Tchan, Araketu e Asa de Águia. Também idealizador do bloco, Tonynho Santos diz que acaba sendo uma grande reunião de uma turma que não se encontrava há quase duas décadas. “As gerações vão passando, os caras vão virando pai, tio, e a gente faz esse resgate legal do tempo que eles saiam nas micaretas de Belém, atrás do trio. O bloco é onde eles estão podendo reviver isso”, afirma.

E ansiedade é o que não falta para esse momento. “Meia hora só pra te ver, meia hora”, a letra de um dos grandes sucessos na voz de Denny Denan, reflete bem a expectativa de quem se apaixonou ouvindo a voz marcante do cantor, como a advogada Camila Souza e servidor público Waldecley Barbosa, que desde de 2014 vivem uma história de amor embalada pelo axé. “Estamos esperando muito pelo dia 21, pelo bloco, pelo Denny, estamos preparados para reviver tudo como começou”, diz Camila. 

Para compor esse clima, o show em Belém terá um painel de LED ao fundo do palco, onde imagens e vídeos de micaretas farão o folião relembrar épocas. Tonynho destaca que desde a concentração será um momento de recordar os velhos carnavais. “Além do axé que todo mundo já conhece, vamos tocar marchinhas e muitas outras canções que marcaram o carnaval”. 

No repertório de Denny, não faltarão músicas da Timbalada, exigência natural do público, mas ele também canta o que vem produzindo desde sua saída do grupo, aliando o reggaeton ao som mais percussivo de sempre. 

As camisas do bloco (Foto: Divulgação)

Camila Souza e Waldecley Barbosa, romance em ritmo de micareta (Foto: Divulgação)

Democrático, o carnaval da Cidade Velha permite que os foliões acompanhem o trio que desejarem. “O circuito pelas ruas do bairro é livre, quem está por lá pode seguir o trio. Só é privado na casa de show, com o abadá, para as atrações nacionais”, explica o músico. 

Na rua, junto com as bandas Pirô e Mizerê, Tonynho promete músicas que eles consideram imperdíveis. E a grande aposta é paraense. “Vamos com Chiclete com Banana, Netinho, mas temos a grande pedida, que é nossa querida Dona Onete, com ‘Banzeiro’, que está estourada”, afirma Tonynho.

(Diário do Pará)







Comentários