Entretenimento / Cultura

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Paraense conquista técnicos e público no The Voice

Quarta-Feira, 05/10/2016, 23:07:44 - Atualizado em 05/10/2016, 23:20:07 Ver comentário(s) A- A+

Paraense conquista técnicos e público no The Voice (Foto: Reprodução / Facebook)
(Foto: Reprodução / Facebook)

O cantor e instrumentista paraense Afonso Cappelo participou do programa de estreia “The Voice Brasil”, exibido na emissora Globo, na noite desta quarta-feira (5). A apresentação do jovem já rendeu diversos elogios nas redes sociais, e os quatro jurados do programa “viraram” a cadeira para o múico, convidando Afonso para compor o time de um deles.

O paraense cantou a música “Imbranato”, do cantor italiano Tiziano Ferro. Depois que todos os jurados ficaram de frente para o jovem, Afonso escolheu participar do time do músico Carlinhos Brown.

Nas redes sociais, poucos minutos após a apresentação de Afonso, já havia uma corrente de elogios e torcida para o músico. “Aeeeeeee. Belém do Pará bem representada! Um tapa para aqueles que pensam que por aqui só tem índios e mato com pessoas ultrapassadas”, escreveu uma paraense.

“Maravilhoso! Parabéns! Lindo! Boa sorteeee! Deus no comando!”, comentou outra internauta. “Caraca, ele cantou muito bem, sou daqui de Belém do Pára também, égua da voz linda”, disse outro torcedor de Afonso.

Afonso escolheu compor o time do músico Carlinhos Brown. Foto: Divulgação

TALENTO

Afonso Cappelo tem 17 anos e, segundo informações do site GShow, subiu em um palco pela primeira vez aos 15 anos, em um concurso de canto de Belém. Na ocasião, ele cantou a mesma música que na apresentação do The Voice, "Imbranato". "Essa é a minha canção de sorte", afirmou Afonso. 

Multi-instrumentista, Afonso toca gaita, violino, violão, cavaquinho e ukelele. Veja uma lista, publicada no site do programa, com mais curiosidades sobre o jovem. 

Time: Carlinhos Brown

Idade que começou a cantar: 12 anos.

Primeira vez no palco: Eu tinha 15 anos e foi em um concurso de canto da minha cidade. Ganhei com a música que apresentei no The Voice.

Status de relacionamento: Solteiro.

Estilo musical: Soul e blues.

Instrumento: Gaita, violino, violão, cavaquinho e Ukulele.

Ídolos: Ed Motta, Elis Regina, Os Três Tenores e Tiziano Ferro.

Trecho de música: “Tudo explodiu. E de caos só restou você e eu. Só nós dois no final”, de “SOS Amor”, do Ed Motta.

Hobby: Dança de salão.

Uma palavra que te define: Introspectivo.

Se ganhar o The Voice Brasil, eu... pretendo compor, produzir e fazer música. Quero levar minha música pro povo.

Ritual antes de subir ao palco: Oração.

Mania: Assistir TV tocando instrumento.

Palavra que melhor define o momento da virada da cadeira do The Voice: Oportunidade.

Se não fosse cantor, seria: Tanta coisa! À princípio seria desenhista. Amo desenhar.

Maior defeito: Falo muito.

Maior qualidade: Sou muito amigo.

Quem mais lhe incentivou a ser cantor: A música me libertou da timidez. Foi um autoincentivo. Mas a minha família sempre me apoiou muito.

(DOL)

Leia também:

Comentários