Entretenimento / Cinema

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Steve Rogers não é mais o Capitão América

Sexta-Feira, 26/08/2016, 09:25:35 - Atualizado em 26/08/2016, 13:14:37 Ver comentário(s) A- A+

Steve Rogers não é mais o Capitão América (Foto: Reprodução)
Herói deixou o escudo de lado após os eventos de Capitão América: Guerra Civil (Foto: Reprodução)

Ao final de Capitão América: Guerra Civil, a exaustiva briga entre Capitão América e Homem de Ferro teve um desfecho que ainda deixará marcas nos heróis por muito tempo. Apesar de relutante, Cap (Chris Evans) luta ao lado do Soldado Invernal (Sebastian Stan), seu único amigo do século passado ainda vivo, contra o Homem de Ferro (Robert Downey Jr.).

No começo, a divergência entre Steve Rogers e Tony Stark se deu por conta do Acordo de Sokovia, que visava regulamentar a atividade dos heróis para que eles atuassem sob a tutela das Nações Unidas, agindo apenas quando os países julgassem necessário.

Entretanto, a briga tomou outras dimensões, mais emocionais, quando Stark descobre que foi o Soldado Invernal, depois de passar pela lavagem cerebral da Hydra, que matou seus pais. Após isso, Steve Rogers reaparece para salvar os demais heróis (Feiticeira Escarlate, Homem-Formiga etc), mas ele não usa mais seu escudo, nem seu uniforme com as tradicionais cores da bandeira dos Estados Unidos.

Em entrevista ao site Huffington Post, os diretores Joe e Anthony Russo confirmaram que Rogers vai deixar de ser o Capitão América por um tempo. "Acho que quando ele larga o escudo ele deixa para trás essa identidade", afirmou Joe. Para ele o gesto significou que Steve Rogers "está admitindo que, certamente, a identidade do Capitão América estava em conflito com a escolha pessoal que fez".

Entretanto, é certo que, em algum momento, Rogers voltará a lutar com os Vingadores, afinal, foi por isso que ele não morreu em Guerra Civil, afirmaram os roteiristas Christopher Markus e Stephen McFeely, responsáveis pelo texto de Vingadores: Guerra Infinita. "Há um cara gigante e roxo vindo. Ele será muito útil", disse Markus, em alusão ao supervilão Thanos.

Por conta disso, já se levanta a hipótese de Rogers retornar com o alter-ego Nômade. Em 1974, o Capitão América estava desiludido com o governo dos Estados Unidos por conta da gestão do presidente Richard Nixon e se tornou o Nômade, um herói sem pátria.

Na entrevista, os diretores ainda falaram sobre como foi que o Capitão América soube que Bucky matou os pais do Homem de Ferro. "Quando você assista a Capitão América: Soldado Invernal há uma tomada que mostra Howard Stark morto atrás da roda de um carro e outra tomada do Soldado Invernal, então há, certamente, uma sugestão de que o Soldado Invernal estava envolvido na morte de Howard Stark. O Capitão é um cara inteligente. Eu acho que ele soube juntar as peças."

Vingadores: Guerra Infinita terá estreia no dia 26 de abril de 2018. Além de Capitão América, Homem de Ferro, Thor, Hulk e cia., o filme conta ainda com a presença de heróis como os Guardiões da Galáxia e a Capitã Marvel.

(Com informações do AdoroCinema)

Leia também:

Comentários