Colunistas / Mauro Bonna

NOTÍCIAS

Destino da onça de Outeiro é assunto na coluna Mauro Bonna

Quinta-Feira, 13/12/2018, 22:54:05 - Atualizado em 13/12/2018, 23:09:05 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Destino da onça de Outeiro é assunto na coluna Mauro Bonna (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Colégio Moderno em pauta

Breve histórico contado pelo professor Antônio Vaz. Em 1914, os professores portugueses Adolfo e Clotilde Pereira fundaram o Curso Preparatório Moderno, na Governador, em frente à Capela de Lourdes. A denominação Colégio Moderno surgiu em 1926, já com os professores Augusto Serra e João Nelson Ribeiro. O colégio passou para a Rui Barbosa, entre Nazaré e Braz. Foi Augusto Serra que comprou dos herdeiros de Raimundo Faria o terreno da Quintino. Em 1938 foram inauguradas as primeiras salas de aula. Em 1951, Maria Anunciada Chaves entra na história do colégio como diretora pedagógica. Em 1964, Anunciada é substituída pelos professores Osvaldo Serra, Carlos Albuquerque e Clodomir Colino. O Moderninho surgiu na Braz, hoje Conjunto Ipiranga, antes de ir para a Gentil. Em 1974, surgiu as Ficom. Em 1982, com um financiamento do Banco da Amazônia, os professores Antônio Vaz, Graça Landeira e Marlene Vianna, tendo Maria de Nazaré Mendonça como avalista, assumiram o colégio. Chega ao fim com 105 anos de tradição e bons serviços.

Onça de Outeiro está na Flona de Carajás

Lembra da Panthera onca, a onça-pintada que circulava no condomínio Alphaville, em Outeiro? É essa mesma. Agora vive numa “boa” na Floresta Nacional de Carajás, em Parauapebas, onde foi solta depois de uma quarentena no Museu Goeldi. O felino é macho, tem cor preta, 80 centímetros de altura, pesa 85 quilos e pode derrubar um homem com um simples tapa. Monitorado pelo ICMBio por meio de sinais de um colar colocado no animal, ele já circulou 50 quilômetros na floresta, em busca de um lugar para se fixar com tudo que precise para sua sobrevivência.

Cruzeiro

O luxuoso navio francês de cruzeiros “Le Champlain”, com apenas 164 passageiros a bordo, retornará a Belém neste sábado.

Canal

O porto de Itaqui, em São Luís, firmou parceria com o Canal do Panamá. Entre fevereiro e setembro, os navios que saírem do Maranhão e cruzarem o canal terão tarifas promocionais.

Pesquisa

Hoje, no Bosque Grão-Pará, a Rede de Núcleos de Inovação Tecnológica da Amazônia Oriental (Redenamor) expõe, das 10h às 17h, pesquisas inovadoras realizadas na região Norte. A Redenamor é coordenada pelo Museu Goeldi.

É Natal!

Alberto Serruya reuniu seus fornecedores e colaboradores para realizar, como voluntários, uma grande Festa de Natal neste domingo, a partir das 16h, no Armazém 500, para as crianças vítimas de câncer atendidas pelo Instituto Áster, e seus familiares. Serão perto de 500 participantes.

Pátio

Para celebrar a chegada do Natal, o Pátio Belém promoverá uma missa especial com a participação de lojistas, colaboradores e clientes, no próximo dia 24, às 9h, no Moviecom. O celebrante será o bispo auxiliar de Belém, Dom Irineu Roman.

Poeta

Hoje, “Bruno de Menezes: entre andanças e batuques” será o tema do projeto Café Literário da Casa do Fauno, espaço gastronômico e cultural no Reduto. A partir das 19h, com entrada franca.

Solidário

Os hospitais da UFPA, Bettina e Barros Barreto, participarão no próximo dia 20 de um Mutirão Solidário. Os beneficiados com a ação serão o Abrigo João de Deus e a creche da Comunidade de Santa Isabel da Hungria, no Guamá.

(Diário do Pará)





Comentários

Destaques no DOL